Somos cientistas reunidos para fazer uma análise independente dos impactos ambientais do desastre em Mariana/MG

Sua ajuda é muito bem vinda!

Veja abaixo as instruções que mais se adequam a você
Go to coleta de amostras em campo

coleta de amostras em campo

Amostras de água, amostras de sedimentos, coleta de dados sobre a fauna/flora e outros

Go to outras informações de campo

outras informações de campo

Hospedagem solidária, apoio logístico, notícias do local e outras informações de apoio

Go to compilação de informações de dados publicados

compilação de informações de dados publicados

Relatórios, estudo de impacto ambiental, revisão de literatura científica e atividades relacionadas

Go to análise em laboratório

análise em laboratório

Qualidade da água, poluentes, metais pesados, ecotoxicidade, isótopos e outros

Grupo Independente para Avaliação do Impacto Ambiental

Ciência independente, Ciência transparente, Ciência cidadã

O Grupo Independente de Avaliação do Impacto Ambiental (GIAIA) é um coletivo científico-cidadão que se organizou pela internet para executar uma análise colaborativa dos impactos ambientais resultantes do rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, localizada em Mariana (MG) e de responsabilidade da Samarco Mineração S.A. (uma joint-venture entre a Vale S.A. e a anglo-australiana BHP Billiton).

O grupo formou-se em meio a uma polêmica: as primeiras informações veiculadas sobre a toxicidade dos rejeitos carreados para os rios da bacia do Rio Doce eram conflitantes. Além disso, a postura das instituições públicas foi, em um primeiro momento, tímida. A partir disso, consolidou-se a idéia de criarmos um grupo autônomo de pesquisadores para realização de uma avaliação, independente de influências financeiras e políticas, dos impactos ambientais decorrentes do acidente. Além da avaliação independente, ampla e interdisciplinar, baseada nos princípios da ética e do rigor científico, o projeto pretende, também, criar uma plataforma científica-cidadã de conhecimento aberto, livre e participativo (www.giaia.eco.br).

O objetivo do GIAIA é produzir estudos dedicados à caracterização, documentação e quantificação de danos causados pelo rompimento da barragem supracitada, colocando à disposição da sociedade, de forma clara e transparente, informações científicas que possam (1) servir de subsídios para processos judiciais; (2) auxiliar na valoração dos impactos ambientais; (3) auxiliar na definição de medidas de recuperação, mitigação e compensação ambiental; e (4) contribuir com o debate e aprimoramento dos processos de avaliação de impacto ambiental e de projetos (licenciamento ambiental).

O GIAIA acredita que o processo de geração de informação científica deve ser transparente e os seus resultados devem ser disponibilizados livremente para a sociedade. Da mesma forma, defende a total transparência do processo de elaboração de estudos de impacto ambiental, assim como o livre acesso aos dados e análises gerados por esses estudos.

O envolvimento da comunidade nas atividades científicas que estão sendo desenvolvidas pelo GIAIA é de fundamental importância para ampliar a coleta de dados, assim como para disseminar e valorizar o conhecimento científico, empoderar o cidadão, estimular o pensamento crítico e fortalecer outros atores da sociedade para o processo de discussão e tomada de decisão relativa ao desastre socioambiental do Rio Doce.

Acesse aqui nossos relatórios e base de dados.

Acesse aqui nossos grupos de trabalho.

Acesse aqui a planilha de prestação de contas.

Siga nossa fanpage no Facebook para conhecer mais sobre as atividades do GIAIA.

Nosso agradecimento aos doadores da campanha de crowd-funding.



Access to the English version here.